COVID-19 e a influência no ecommerce

COVID-19 e a influência no ecommerce


O COVID-19 já uma realidade no Brasil e assim como no mundo, tem alterado alguns pontos da economia, gerando influência também no comércio eletrônico.


Existe uma linha tênue entre a presença do usuário nas lojas online e a capacidade de funcionamento do ecossistema. Portanto, é necessário observar vários pontos na operação para que ela se mantenha saudável nesse momento conturbado. 


Embora as completas conseqüências econômicas desse grande evento ainda não sejam claras, sabemos que os efeitos de que o vírus - e as medidas que estão sendo tomadas para contê-lo - já estão apresentando mudanças nos negócios e no comércio eletrônico.


Para o Brasil e o mundo, a saúde da população é a primeira e principal preocupação, o comportamento das pessoas e das empresas está mudando para cautela e preocupação . O impacto econômico dessa cautela foi imediato para alguns, como as principais marcas asiáticas. Mas qual é o impacto que o seu e-commerce terá nesse momento? Separamos algumas dicas para sua operação:


Adaptação da sua equipe ao trabalho remoto


Com a necessidade de isolamento, recomende fortemente à sua equipe administrativa e de marketing a realizar os seus trabalhos remotamente. 


Garanta que eles terão os equipamentos necessários e estarão presentes em softwares de comunicação online como e-mail, navegadores, aplicativos, entre outros. Caso isso seja possível na empresa, reforce que não há mudanças e passe orientações sobre manter a rotina de trabalho, com as mesmas tarefas e comprometimento com as entregas, especialmente no atendimento ao cliente e operacionalização da loja virtual. Também é recomendado que a equipe faça ao menos uma reunião online diária para alinhamentos. 


Sensibilidade na mensagem


Não se pode esquecer que esta situação é uma questão humanitária. Nesse contexto, é importante ser sensível e receptivo no conteúdo para evitar danos à reputação. A mensagem deve refletir os tempos de mudança e o sentimento do consumidor. Marcas que adotam uma abordagem de utilidade para a promoção se conectam melhor.


Tenha diversos fornecedores e aumente seu mix


É importante que a sua empresa não dependa apenas de um fornecedor, e sim de uma diversidade por produtos e categorias. Ficar refém pode dar algum tipo de problema no envio, separação, logística e estoque. Essa dica é fundamental para você que trabalha com ecommerce.


Fique atento à escassez de produtos


Impactado diretamente pelos fornecedores, sem os produtos disponíveis, não há vendas e o consumidor acaba indo atrás de outro ecommerce. Essa é apenas uma das problemáticas que a longo prazo pode tornar-se irreparável. Afinal, a empresa pode até ter estoque extra, mas isso acabará rapidamente. 


Comunique seus clientes sobre atrasos ou incapacidade na entrega 


Empresas com operações omnicanais ou em variados centros de distribuições conseguem flexibilizar seu modelo de atendimento. Porém, aqueles com um único canal de distribuição devem atentar-se à entrega do seu produto e definir uma mensagem para os consumidores, sobre os atrasos na entrega ou até a incapacidade de atender. 


Defina com a sua equipe se a estratégia será voltada para a aceitação de pedidos para locais com restrições de entrega ou se impedirá a compra completamente. Comunique isso de forma clara aos seus consumidores no início do processo da compra.


Gere confiança no ecommerce capte novos clientes


Segundo o portal Ace Startups, “O e-commerce também será um importante vetor de  manutenção de consumo. O tráfego dos sites desde as primeiras contaminações vem aumentando, e players que atuam no back office da cadeia, como GoCache e Melhor Envio estão sendo fundamentais ao dar o alicerce necessário para que plataformas, micro-empresários e consumidores finalizam suas transações com sucesso." 


O momento é conturbado e de foco total na saúde, a tendência é de que as pessoas estejam no online, evitando locais públicos. O ecommerce tem um papel importantíssimo nesse momento, além de vendas, ele deve ajudar e muito as pessoas no momento de isolamento. Aproveite e coloque seu melhor em prática, gere confiança aos consumidores, pense que brasileiros nunca compraram on-line, esse pode ser um momento de mudar esse jogo, incentivando novos hábitos e prestigiando todo o trabalho árduo dos últimos anos.


Otimismo e equipe focada em novas estratégias 


Mas o que exatamente pode acontecer com toda a economia por conta da pandemia? Não há como ter certeza. Crises, já não são mais novidades no Brasil e no mundo. Projetando a frente, conseguimos pensar em alguns caminhos para que os negócios não sofram grandes perdas. 


Todo o trabalho no ecossistema da tecnologia construído até aqui e expertise dos profissionais no mercado, devem ecoar positivamente nesse momento e reduzir impactos do COVID-19.


É importante utilizar a tecnologia e a criatividade à nosso favor, objetivando reduzir impactos e, com cautela, procurar normalidade nos processos e boas estratégias a longo prazo.


Momentos de crises como este, devem ser aproveitados para repensar alguns processos e sermos ainda mais assertivos. Gerar grandes aprendizados em momentos de desconforto podem engrandecer cada vez mais seu negócio. Por isso foque na saúde do seu time e do seu negócio, a pandemia vai passar e as pessoas e seu negócio vão continuar.


Achou isso interessante? Compartilhe

Por hibrido

COMENTÁRIOS

CERTIFICAÇÕES

E PRÊMIOS

CONECTE-SE

Vamos conversar SOBRE O SEU NEGÓCIO?

Quer ficar antenado no mundo do ecommerce?

Faça parte da nossa base de conhecimento.